PROJETO: OS TRÊS PORQUINHOS

PROJETO: OS TRÊS PORQUINHOS

OS TRÊS PORQUINHOS = HISTÓRIA



Numa bonita casa de campo viviam 3 porquinhos: Prático, Heitor e Cícero. Quando não iam à escola, ficavam a brincar felizes e despreocupados no campo.
Ao escurecer, voltavam cansados e satisfeitos.
Em casa esperava-os a sua avozinha, que lhes preparava grandes bolos com natas e morangos.
Um dia, Cícero, o mais pequeno, propôs: «Agora que já somos grandes, podemos construir uma casa só para nós e viver sozinhos! Cada um construirá a sua, a seu gosto.
Cícero não se queria cansar muito, pelo que considerou que bastariam uns tantos ramos e um pouco de palha entrançada para construir uma cabaninha fresca e confortável.
Heitor, pelo contrário, pensou que uma cabana de madeira seria suficientemente confortável e resistente e que não teria de trabalhar demasiado para a construir.
Prático queria uma casinha como a da avozinha. Por isso, carregou o carrinho de mão várias vezes com tijolos e cimento e pôs-se a trabalhar com muito afinco.
- Assim estarei resguardado do lobo, que de vez em quando sai do bosque.
De facto, veio o lobo e bateu na casinha de palha: Truz! Truz! Truz!
- Quem é? – perguntou a avozinha do Cícero. – Um amigo... abre!
- respondeu o lobo lambendo-se.
- Não! És o lobo mau e não te vou abrir a porta!
- Ai sim?! – Rosnou o lobo rangendo os dentes.
- Vê então como abro a tua porta! – E de um sopro varreu a cabaninha fazendo rolar para bem longe o porquinho.
Enquanto Cícero escapava, o lobo foi bater à porta do Heitor:
- Abre, não te farei mal!
Heitor também não quis abrir, mas um par de sopros foram suficientes para destruir a sua casinha.
Muito esfomeado, o lobo bateu à porta da casa do Prático.
- Vai-te embora, lobão! – Respondeu-lhe o porquinho.
Desta vez, o lobo soprou e soprou muitas vezes, mas a casinha, construída com cimento e tijolos era demasiado sólida até para ele.
Por fim, o lobo mau ficou sem forças. Aborrecido, levantou o punho, ameaçando:
- Por agora, deixo-te... mas depressa voltarei!
E vou-te comer de uma só vez.
Quando se fez noite o lobo voltou. Prático ouvi-o a trepar pelo algeroz para subir até ao telhado da casa.
Enquanto se metia pela chaminé, o lobo lambia-se já pensando no jantar à base de porquinho assado. Mas Prático, que tinha uma panela de sopa ao lume, atiçou a chama com toda a lenha que tinha.
O lobo já estava a meio caminho quando começou a cheirar a queimado: era a sua cauda que começava a chamuscar! Saiu pela chaminé e desapareceu uivando.
No dia seguinte, enquanto o pobre lobo, com a cauda entre as patas, continuava a fugir para o mais longe possível, a povoação celebrava a valentia do porquinho sábio e o retorno à tranquilidade.

PROJETO


TURMA: 03 anos

PERÍODO DE DURAÇÃO: 30 dias

JUSTIFICATIVA
Os contos estão envolvidos no maravilhoso mundo das crianças que partem de uma situação real e concreta para proporcionar emoções e vivencias significativas. O conto dos três porquinhos fará com que possibilite as crianças uma nova oportunidade de conhecer a historia tradicional que tem um brilho de magia e aventura.

OBJETIVO GERAL
Expressar sentimentos emoções através de atividades prazerosas, trazendo a literatura infantil como cenário de conto e reconto, de forma viva e envolvente para que as crianças possam se habituar acerca da literatura infantil.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
·         Criará hora do conto
·         Explorar a linguagem oral e escrita
·         Utilizar técnica de dramatizar e fazer recontos
·         Oportunizar a criatividade, imaginação, humor.
·         Desenvolver o habito de ouvir com atenção
·         Enriquecer e ampliar o vocabulário;
·         Desenvolver o pensamento lógico e a rapidez de raciocínio
·         Desenvolver atenção e coordenação motora fina e ampla
·         Relacionar os números com a quantidade
·         Desenvolver e estimular a expressão corporal;
·         Cuidar e valorizar os livros;
·         Estimular o gosto pela leitura

CONTEÚDO
·         Leitura e escrita em sala de aula
·         Motricidade fina e ampla;
·         Expressão corporal;
·         Arte plástica: pintura modelagem, recorte e colagem com materiais diversos, desenho livre e dirigido;
·         Historinhas (os três porquinhos, chapeuzinho vermelho, João e Maria...).
·         Criatividade e dramatização;
·         Musica e ritmo;
·         Noção e visualização de quantidades
·         Ampliar o vocabulário;
·         Classificação, Ordenação, conjuntos, cores.

MATERIAIS UTILIZADOS
·         Papeis (cartão, cartolina,crepom,de ,varias, cores .)
·         Cola branca, e colorida, giz de cera,giz de lousa:
·         CD ­–projetor multimídia- livros.
·         Tinta guache (várias cores )
·         Pinceis
·         Caneta hidrocor e lápis de cor (todas as cores).
·         Livros de historia
·         Cartucho colorido e preto (para imprimir)
·         E outro que se fizerem necessários.

METODOLOGIA
·         Quais são as leituras que vocês preferem...
·         Vocês gostam de historia? De ver revista, jornal...
·         Conversa informal diálogo e questionamento oral, através das Historinhas, cartaz figuras relatos sobre o assunto;
·         Música dramatizada relacionada a historinhas;
·         Historia em sequência;
·         Quebra cabeça e jogos;
·         Historinhas infantis;
·         Dramatização das historinhas (teatrinho);
·         Sessão historiada;
·         Biblioteca na sala;
·         Fantoches e deboches;
·         Maquete da historia dos três porquinhos;
·         Mascaras do lobo mau; três porquinhos;

·         Projetor multimídia “histórias”: Os Três Porquinhos; chapeuzinho vermelho e outros.
·         Boneco mova de e. v.a
·         Bonecos – palitos (fantoche de mão).

DESENVOLVIMENTO
1º Etapa – Crianças em circulo o professora irá dialogar com as crianças e em seguida focar o assunto .Quais as historias que já ouviram ? E o que mais gostaram
Logo a professora iniciará contando a historia “Os Três Porquinhos mostrando as figuras dos personagens. Em seguida propor o reconto, utilizando frases iniciais para que as crianças relembram as etapas da historia

2º Etapa._Crianças ouvirão a historia contada em CD. Em uma folha de papel cenário registrar e escrever o nome das crianças abaixo do seu registro e também o nome dos personagens.

3º Etapa ­_Xerocar figuras das carinhas dos porquinhos, colorir pelas crianças para colagem e fazer a contagem, fixando o número 3 com técnica (bolinhas de papel crepom).

4º Etapa _O Lobo era muito mal, porque queria destruir as casas dos três porquinhos. .Vamos juntos conversar com ele pedindo a ele pra ser  bonzinho e não fazer mais isso ?
Confecção  de máscara do lobo e os três porquinhos ,(ensaio).

5º Etapa Biblioteca na sala, roda de conversa e questionamento com as crianças sobre os cuidado que deve ter com os livros, dar oportunidade  de manusear vários livros de historias .

6º Etapa _Confecção de fantoche de palitos para organização da maquete 

7º Etapa _seção de historia com as crianças na sala de multimídia

8º Etapa_ Historia em sequência

CULMINÂNCIA: Apresentação do teatrinho os três porquinhos e exposição de maquete desenvolvidas com os alunos.

AVALIAÇÃO
A avaliação dar-se-á através da observação do comprimento e interesses das crianças no decorrer do projeto. A oralidade também será o foco da avaliação em situações de “rodinha” onde as crianças poderão demonstrar a aprendizagem construída pala troca de conhecimento e conversa sobre o assunto, além de dobraduras e apresentação de teatro.

Ministro da Fazenda: Joaquim Levy

A presidente Dilma Rousseff deve anunciar nesta sexta-feira, Joaquim Levy, como o novo ministro da Fazenda. Numa época turbulenta para o governo, a notícia já deu força aos mercados.

Joaquim Levy na foto



FOTOGRAFIA: Imagem do Dia

Sily..L@ndia | Fotografia

Estamos começando a série fixa de postagens com fotografias. A Imagem do Dia será escolhida pela nossa equipe e poderá também ser sugerida por você, inclusiva uma fotografia que você tirou.

Vamos estimular a captura de momentos bonitos e únicos. Fotografar significa "escrever com luz", vamos espalhar essa luz todos os dias aqui no Silylandia.

Imagem do Dia 
  • Sexta-feira, 21 de novembro de 2014
    Foto: Alpi por Alberto Mattioli, na Itália

Frozen construindo seu castelo de gelo Festas temáticas

"¯`v´¯) 
`•.¸.•´ 

 

E lá vem ela , nossa princesa do gelo ,

 terminando de construir seu lindo castelo ...

ღ Explosão CriAtiva  ,

 mais uma parceira

 chegando para encantar sua festa !

Festas temáticas ,


Agende a sua !!!!


Contato

 Marlene (facebook.com/explosãodesabor13)









Falhas de Memória

Puts! Esqueci.

Quantas vezes você já esqueceu o que almoçou no dia anterior? (Lembra?? rs)
Pois é, o artigo de hoje do Silylandia é sobre FALHAS DE MEMÓRIA.

Todos nós podemos desenvolver essas falhas e aqui você vai saber o que pode estar causando isso.

Augusto Cury

Augusto Cury no canal Literatura do Silylandia

Seus livros já venderam mais de 20 milhões de exemplares somente no Brasil, tendo sido publicados em mais de 60 países. Foi considerado pelo jornal Folha de São Paulo o autor brasileiro mais lido da década.

Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência. Augusto Cury

Dr. Augusto Cury foi conferencista no 13° Congresso Internacional sobre Intolerância e Discriminação da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos.

Além disso, ele é idealizados do Instituto Augusto Cury, do qual promove o treinamento de psicólogos, educadores e outros profissionais.

Desenvolveu o projeto Escola da Inteligência que tem como principal objetivo a formação de pensadores através do ensino das funções intelectuais e emocionais mais importantes para crianças e adolescentes, tais como, o pensar antes de reagir, a proteção de sua emoção, o colocar-se no lugar dos outros, expor e não impor as suas ideias.